Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

17/04/2020

Resolução 8K: Novo nível de imagem

Parece quase impossível compreender que a próxima onda de tecnologia de vídeo e exibição já está na porta, pouco mais de seis anos desde que os primeiros monitores 4K começaram a ser enviados para o mercado. Inúmeros desenvolvedores estão empenhados em fazer a resolução 8K decolar, seja na transmissão, exibição, captura, armazenamento ou na visualização de imagens.

Hoje é possível comprar televisores e monitores de computadores de mesa com resolução de 8K (7680×4320), além de câmeras de vídeo e armazenamento para produção de vídeo ao vivo em 8K. A rede nacional de televisão japonesa, NHK, produz e transmite conteúdo de vídeo 8K há quase uma década, fornecendo cobertura para todos os jogos olímpicos desde Londres em 2012.

Mas o 8k não é tão simples quanto parece, existem ainda algumas dores de cabeça para transportar, alterar, distribuir e fazer a interface desses sinais, devido às altas taxas de clock e dados. Neste artigo, examinaremos como a resolução 8K chegou até como estamos hoje em dia.

Como chegamos na resolução 8K tão rapidamente? 

É difícil identificar um único fator que leva à mudança para 8K, mas grande parte dessa mudança pode ser atribuída à indústria de displays. Considere a linha do tempo da tecnologia de exibição 4K (Ultra HD), que só chegou em 2012 como um produto comercial e de consumo convencional, inicialmente como um LCD IPS de 84 polegadas monitor com entradas 4xHDMI 1.3 e um preço elevado, superior a US $ 20.000,00.

Dentro de alguns anos, o custo dos painéis LCD Ultra HD já havia caído para bem abaixo de US $ 1.000,00, levando fabricantes a reverem a viabilidade de trocar de linha para produzir painéis 8K, visando manter a lucratividade futura. No final de 2016, era evidente que o mercado mundial de televisão estava mudando dos modelos Full HD para Ultra HD. Com a diminuição da lucratividade nas TV’s e as vendas em queda mesmo com os novos modelos Ultra HDTV, a saída então foi subir a resolução. 

A corrida começou! Hoje, os fabricantes de televisores e monitores de tela Ultra HD enfrentam os mesmos desafios de preços agressivos de dois anos atrás. Apertados  entre os baixos preços de venda do produto, os grandes investimentos em fábricas e o desenvolvimento da tecnologia de alta definição, o único movimento lógico foi aumentar a resolução até 8K e assim alcançar lucros melhorados.

Resolução 8K: Nos dias de hoje

Agora é possível comprar uma televisão LCD de 85 polegadas com 8K de alta definição por cerca de US $ 20.000,00. Atualmente, já está sendo fabricado o monitor de mesa de 8K e a primeira televisão OLED 8K começou a ser embarcada no início de 2019.

Os fabricantes de displays estão determinados a introduzir a resolução 8K no mercado à medida que a demanda cresce. A IHS Markit disse que quase 430.000 televisores 8K foram entregues em todo o mundo até o final de 2019, mas prevê que esse número crescerá para 1,9 milhão de unidades até o final de 2020 e 5,4 milhões de unidades em 2022. 

Deve-se notar que, de acordo com a IHS Markit, até 70% da demanda por televisores 8K serão em última análise da China, com 15% de demanda adicional na América do Norte e 7% na Europa Ocidental. Dada a intercambiabilidade dos painéis de exibição entre televisores de consumo e comerciais, podemos esperar um crescimento semelhante na demanda por imagens de 8K no espaço AV com um atraso de cerca de dois três anos em relação ao mercado consumidor.

Saiba mais!

Acompanhe o blog da Cabos Golden para saber tudo sobre o universo da resolução 8K e fique por dentro de todas as novidades do áudio e vídeo. Você também pode entrar em contato conosco para tirar as suas dúvidas e adquirir uma soluções audiovisuais de qualidade para melhores resultados dos seus projetos!